Tatuagem em Cristão

O que a Bíblia diz sobre tatuagem?

 Algumas informações extraídas da revista Galileu número 86:

“É impossível ir à praia, sair na rua e não encontrar um desenho estampado no corpo das pessoas. Para muitos, a tatuagem é um modismo, ou seja, logo passa e assim virá outra febre. Contudo, a tatuagem tem se tornado uma mania mundial e que traz dados interessantes. Nos Estados Unidos, existem mais de 40 milhões de pessoas adeptas do tal fetiche. Na Europa, o aumento da demanda deu origem a uma nova disciplina acadêmica, a Psicologia da Tatuagem, ensinada nas Universidades de Milão e Roma.

“Apesar do modismo, a tatuagem não sai do corpo, ou seja, é impossível removê-la, e ao contrário de um modismo, não pode ser trocada a cada estação. Um dos métodos mais avançados para se remover a tatuagem é o chamado Photoderm, uma máquina a laser que remove a tinta. Segundo, o cirurgião Cláudio Roncai: ‘É um tratamento demorado e caro e o aparelho não representa a solução definitiva, pois normalmente sobram vestígios de pigmentos na pele.’

“Lizete Araújo, vice-presidente da CATHO, uma firma de consultoria em recursos humanos especializada na recolocação de executivos, afirma: ‘Normalmente, as empresas adotam os valores da sociedade, que, de maneira geral, ainda rejeita esses adereços.’

“Desde a década de 1950, os cirurgiões tentam amenizar a angústia de quem um dia desobedeceu um princípio social e familiar, afirmando que ‘o corpo é meu’, e sofreu o preconceito e agora se encontra arrependido. A tatuagem pode ser um peso que a pessoa vai carregar para toda a vida e que pode prejudicá-la de três formas distintas: (1) socialmente, pois ela vai sofrer discriminação e preconceito; (2) emocionalmente, porque a tatuagem é uma marca permanente e, mesmo que a pessoa sinta arrependimento, não conseguirá removê-la totalmente; (3) espiritualmente, quando a pessoa descobrir a origem das tatuagens e verificar por si mesma que ela é instrumento relacionado com deuses e práticas ocultas e pagãs.”

Na ótica bíblica

“Não fareis lacerações na vossa carne pelos mortos; nem no vosso corpo imprimireis qualquer marca. Eu sou o Senhor” (Levítico 19:28).

Pelo contexto de Levítico 19:28 e Deuteronômio 14:1 e 2, podemos compreender que os golpes e marcas no corpo tinham relações com rituais pagãos que envolviam a memória de mortos; faziam parte da identificação e vinculação da pessoa com crenças em deuses e rituais pagãos e eram uma violência praticada contra o corpo. Assim, não é recomendável que um cristão marque o corpo com tatuagens, pois o corpo é templo do Espírito Santo (cf. 1Co 6:19, 20).

Tatuagem de dragão, preferência absoluta entre os jovens, testemunha o desejo de autoafirmação. Porém, o dragão na Bíblia simboliza Satanás (cf. AP 12:9; 20:2).

Os cristãos devem, portanto, ouvir as recomendações divinas que estão registradas na Bíblia e procurar em tudo obedecer a Jesus e seguir Seu exemplo, desligando-se de tudo no mundo que não é edificante. “Todas as coisas são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas são lícitas, mas nem todas as coisas edificam” (1Co 10:23).

“Rogo-vos, pois, irmãos, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Rm 12:1, 2).

“Portai-vos de modo que não deis escândalo nem aos judeus, nem aos gregos, nem à igreja de Deus” (1Co 10:32).

“Não dando nós escândalo em coisa alguma, para que o nosso ministério não seja censurado” (2Co 6:3).

Embora não seja o ideal, muitas pessoas hoje em dia estão se tatuando. Não devemos generalizar e dizer que toda pessoa tatuada está distante do Senhor Jesus. Se você possui uma tatuagem, não pense que não pode se aproximar de Deus por causa disso. Deus é um Pai misericordioso. Ele o/a ama independentemente do seu passado. Também não devemos concluir que pelo fato de a pessoa ter uma tatuagem ela não possa receber os favores de Deus de amor, perdão e direção. Como diz o ditado: “O amor tem bons olhos”, e Deus é amor!

Deus se importa com a nossa saúde física e aparência. Mas muito mais Ele atenta para o nosso coração. Veja o que Ele disse a Samuel por ocasião da escolha do rei Davi para substituir Saul: “Mas o Senhor disse: ‘Não se impressione com a aparência nem com a altura deste homem. Eu o rejeitei porque não julgo como as pessoas julgam. Elas olham para a aparência, mas Eu vejo o coração.’” (1Sm 16:7 NTLH).

Se você se arrependeu de ter colocado uma tatuagem, não se desespere. Tenha a certeza de que Deus o/a ama de igual forma. O fato de você ter uma tatuagem não impedirá sua entrada no reino de Deus.

Jesus nos prometeu uma nova vida e um novo corpo, de carne e osso, só que eterno! Assim, alguém que perdeu o braço ou a perna, ou não teve visão nesta vida, terá um corpo perfeito na nova vida. Isso também resolverá o problema de quem tem tatuagem. Jesus quer mudar o interior de todos nós antes de Sua volta. Depois, tudo o que for exterior será facilmente mudado por Ele.